Instituto Histórico IMPHIC - Betim

"Sapire ut protegas, Protegere ut conserues"

Ao iniciar este tópico gostaria de chamar os interessados em construir a historiografia dos batistas em Betim para inserir informações ou pessoas que poderiam nos ajudar a escrever esta parcela da história da comunidade evangélica em Betim.

Exibições: 403

Respostas a este tópico

Gentes, gostaríamos de abrir um album de fotos antigas das comunidades batistas em Betim. Alguém pode nos ajudar? Somente necessitamos do empréstimo da foto para digitalizá-la ou nos fornecer já em meio digital. Grato.

Acho melho começar com a origem do movimento:

O termo batista vem da palavra grega (βαπτιστες), que é relacionado ao verbo (Βαπτιζο, "batizar, lavar, mergulho, imerge") e os Anabaptistas na Inglaterra foram chamados batistas em 1569. A história academicamente aceita sobre a origem das Igrejas Batistas é a sua incepção como um grupo de dissidentes ingleses no século XVII. A primeira igreja batista nasceu quando um grupo de refugiados ingleses que foram para a Holanda em busca da liberdade religiosa em 1608, liderados por John Smyth, um clérigo e Thomas Helwys, um advogado, organizaram em Amsterdã, em 1609 uma igreja de doutrinas batistas. John Smyth discordava da política e de alguns pontos da doutrina da Igreja Anglicana da qual ele era pastor após uma aproximação com os menonitas e, examinando a Bíblia, creu na necessidade de batizar-se com consciência e em seguida batizou os demais fundadores da igreja, constituindo-se assim a primeira igreja batista organizada. Até então, o batismo não era por imersão, só os batistas particulares por volta de 1642 adotaram oficialmente essa prática tornando-se comum depois a todos os batistas. A primeira confissão dos particulares, a Confissão de Londres de 1644, também foi a primeira a defender o imersionismo no batismo. Depois da morte de John Smyth e da decisão de Thomas Helwys e seus seguidores de regressarem para a Inglaterra, a igreja organizada na Holanda desfez-se e parte dos seus membros uniram-se aos menonitas. Thomas Helwys organizou a Igreja Batista em Spitalfields, nos arredores de Londres, em 1612. A perseguição aos batistas e a outros dissidentes ingleses, fez com que muitos emigrassem.

Dissenssões entre os Batistas

No movimento batista formaram-se vários grupos, entre eles destacam-se:

  • Batistas Brasileiros
  • Batistas Nacionais
  • Batistas Bíblicos
  • Batistas Regulares
  • Batistas Independentes

 

O primeiro Grupo Batista em Betim formou-se por volta de 1958 através do Sr. Cornélio que era ligado à Igreja Batista do Bairro São Paulo de BH. O primeiro pastor da igreja foi Sr. Domício Lírio da Rocha
A 1ª Igreja Batista de Betim (filiada à CBB) formou-se após uma dissidência teológia no movimento a cerca da pneumatologia, por volta de 1966. Iniciaram essa igreja as familias de Osias Avelino de Souza, Caludomiro Luiz de Paiva, Mantan Monteiro e José Borges.
Com a discordância da liderança do Pr. Domício, um grupo passa a reunir-se independente e é apadrinhado pela Igreja Batista do Bairro Inconfidentes e em 1975 nasce a Igreja Batista Nova Canaã. Assume a liderança dessa igreja o Pr. Daniel Leite Fonseca, nascido no sertão do norte de Minas conhece aqui na capital o movimento Batista Nacional e dele passa a fazer parte. A Igreja inicia-se com as familias do Sr. Matias Souza Santos,  de Dna. Beatria Vieira Barboza, de Dna. Onilda Romão Bezerra e de Dná Gravilina Vieira

RSS

© 2020   Criado por Charles Moraes de Lima.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço