Instituto Histórico IMPHIC - Betim

"Sapire ut protegas, Protegere ut conserues"

Grupo 06 – Artes e Ofícios de Trabalhar o Metal

06.01

Ourivesaria – Filigrana – Manufatura ou reparação de artefatos de metais preciosos, designadamente ouro, destinados a adorno ou uso pessoal, normalmente a partir de desenhos, modelos ou outras especificações técnicas, recorrendo a instrumentos e ferramentas manuais e pequenas máquinas auxiliares, como por exemplo, o laminador e a fieira. Inclui a técnica da filigrana, processo que visa obter fios finíssimos a partir de uma barra de ouro ou de prata, os quais são depois torcidos manualmente originando um cordão serrilhado. O fio é curvado, enrolado e entrelaçado até se obter o efeito desejado. Existe a filigrana de aplicação (para decorar/encher outras peças) e a de integração (peça completamente feita em filigrana).

06.02

Ourivesaria – Prata Cinzelada – Manufatura ou reparação de peças de prata de diferentes dimensões, utilizando ferramentas manuais ou mecânicas e executando um conjunto diversificado de operações, tais como: serrar, furar, casear, recortar, fresar, bater e embutir o metal, armar e soldar as partes das peças

06.03

Gravura em metal – Consiste em talhar, manualmente, letras e motivos decorativos sobre o metal, partindo normalmente de desenhos ou modelos, recorrendo essencialmente a instrumentos e ferramentas manuais (cinzel, buril, etc.). Pressupõe o domínio das técnicas de desenho

06.04

Arte de Trabalhar Ferro – Fabricação e reparação de objetos em ferro forjado, utilizados, designadamente, na decoração de interiores e na arquitetura, partindo normalmente de desenhos, ou pirulitos, e utilizando ferramentas manuais e equipamentos específicos, como a forja. Inclui a fabricação artesanal de ferramentas e alfaias agrícolas em ferro

06.05

Arte de Trabalhar Cobre e Latão – Manufatura e reparação de peças utilitárias ou decorativas em cobre e latão, tais como alambiques, cataplanas, tachos, braseiras, floreiras, candeeiros, pratos decorativos, entre outros, partindo de folhas de metal e fazendo uso, essencialmente, de ferramentas manuais, embora com o auxílio de algumas máquinas-ferramentas, designadamente para o corte e quinagem da chapa

06.06

Arte de Trabalhar Estanho - Manufatura de objetos utilitários ou decorativos em estanho, num processo que inclui a execução de modelos em chapa de estanho, a partir dos quais se elaboram moldes que permitem a produção de peças diversas por recurso a técnicas artesanais de fundição

06.07

Arte de Trabalhar Bronze – Arte de fabricar objetos de bronze, por recurso a técnicas artesanais de fundição. Inclui a produção de sinos, placas diversas, medalhas e moedas comemorativas, etc..

06.08

Arte de Trabalhar Arame – Manufatura, a partir de fios de metal, de objetos de natureza e fins diversos, utilizando alicates, tesouras, limas e outras ferramentas manuais, num processo que termina na união (por enrolamento ou soldadura), dos segmentos, sucessivamente cortados e dobrados, de acordo com a forma específica de cada objeto. Inclui a produção de mosqueiros para o queijo e outros, peneiras de arame, proteções de braseira, ratoeiras, etc..

06.09

Latoaria - Manufatura e reparação de objetos em folha de Flandres ou outras (ferro galvanizado, zinco, alumínio, cobre, etc.), destinados, sobretudo a uso doméstico utilizando, essencialmente, ferramentas manuais, com as quais se risca, corta, e dobra a chapa, a partir de moldes previamente desenhados. Inclui utensílios para a fabricação artesanal de queijo (francelas, cinchos, etc.), baldes, funis, almotolias, escalfetas, braseiras, etc..

06.10

Cutelaria – Fabricação artesanal, em aço, de instrumentos de corte (facas, cutelos, etc.), destinados a uso doméstico ou profissional, num processo em que se utilizam ferramentas manuais e alguns equipamentos auxiliares

06.11

Armaria – Fabricação artesanal, ou reparação, de armaduras e armas tradicionais como espadas, punhais, armas de fogo etc., com incorporação de motivos decorativos, utilizados como peças de coleção, ou para fins decorativos

06.12

Esmaltagem – Decoração de objetos de metal de natureza diversa, sobre cuja superfície se aplica uma substância líquida vítrea e colorida com óxidos metálicos (esmalte) que, após o processo de cozedura em forno, forma uma película brilhante, dura e inalterável, que confere brilho e cor às peças

06.13

Serralharia artística – Manufatura de objetos em metal, por recurso às técnicas de serralharia civil, mas cujo resultado são artigos de valor utilitário e/ou decorativo, com uma componente artística


Exibições: 873

© 2019   Criado por Charles Moraes de Lima.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço