Instituto Histórico IMPHIC - Betim

"Sapire ut protegas, Protegere ut conserues"

ACHO QUE PELO MENOS DUAS OBRAS PODERIAM FIGURAR COMO OBJETOS MOVEIS TOMBADOS. OS QUADROS DO ALBERTO BRAGA QUE ESTAO DENTRO DA CASA DA CULTURA.



QUE TAL LISTARMOS MAIS ALGUMA OBRAS AQUI NA OU DA CIDADE QUE DEVERIAM SER PENSADO O TOMBAMENTO DELAS?

Exibições: 817

Respostas a este tópico

Avner, desculpe minha ignorância, mas como parte do acervo da Casa da Cultura, eles já não estariam devidamente protegidos???
Não como o tombamento, porque eles são apenas acervo artístico. A proteção que tem é a mesma que uma mesa de escritório teria qdo patrimônio publico. Como se fosse um objeto. Tanto que se alguem ente público do executivo cujo objeto estiver sob sua responsabilidade quiser vendê-los, apenas deve ser acionado o conselho curador, porém com o tombamento as restrições são maiores, além do conselho curador teria o Conselho Deliberativo do Patrimônio Cultural. Além do que, o ato de tombamento não é somente um ato de dar proteção a um bem cultural, pois existem inúmeras formas de proteger, a principal questão é que dá ao objeto a relevância cultural devida, individualmente, e não como "objeto do acervo da Casa da Cultura".

RSS

© 2020   Criado por Charles Moraes de Lima.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço