Instituto Histórico IMPHIC - Betim

"Sapire ut protegas, Protegere ut conserues"

A festa conhecida como Congado ou Reinado de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito é uma festa popular cujas origens são do Sec. XVIII, mantém basicamente as características que possuía na virada do século XIX para o século XX, preservando cantos, danças, ritmos e melodias antigos. Na festa, persiste uma certa disputa entre os ternos (conjuntos de cantadores e dançadores) de Moçambique, Congos, Catupés, Marujos e Vilão. A festa acontece para lembrar a libertação dos escravos, a princesa Isabel também passou a ser homenageada, ao lado dos reis africanos. Os santos homenageados são Nossa Senhora do Rosário, Santa Efigênia e São Benedito. Durante a festa do Reinado do Rosário são usados, basicamente, instrumentos de percussão – caixas, pandeiros, reco-recos, patangomes e gungas. A sanfona também é bastante utizada e alguns instrumentos de corda, como violão, viola e cavaquinho Os ternos evoluem visitando os festeiros, buscando ou acompanhando a corte do padroeiro que lhes toca. O capitão canta os versos e os demais componentes respondem em côro, dançando em passos ritmados e graciosos. A festa toda dura dez dias, começando pela novena, passando pelo levantamento de mastros, corte aos santos, libertação dos escravos, desfile, Missa Congo, coroação, descida das bandeiras e cortejos.

Exibições: 768

© 2020   Criado por Charles Moraes de Lima.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço